Curiosidades sobre o cometa Halley



O cometa Halley, também conhecido por 1P/Halley, é o mais conhecido dos chamados cometas periódicos (cometas que possuem períodos orbitais inferiores a 200 anos). Esse cometa é o único visível a olho nú que apresenta um período orbital inferior ao tempo médio de vida de um ser humano (varia entre 75 e 76 anos a sua órbita). Apesar da sua passagem pelo planeta Terra ser registada desde pelo menos 240 AC, só no século XVII é que se descobriu que todas essas ocorrências estavam associadas ao mesmo cometa.

Edmond Halley (1656 - 1742), um matemático e astrónomo inglês, descobriu que os cometas que haviam passado pela Terra no ano de 1531, 1607 e 1682 eram, na realidade, um só. Halley determinou que a órbita desse objecto celeste era de cerca de 76 anos e que voltaria no ano de 1757. A previsão de Halley revelou-se verdadeira e o cometa voltou a aparecer, mas no ano de 1758 (16 anos após a morte de Halley). 3 matemáticos franceses (Clairault, Lalande e Lepaute) determinaram que o “atraso” de 618 dias se deveu à atracção do cometa pela força gravitacional dos planetas Júpiter e Saturno. Devido às suas descobertas, foi atribuído o nome Halley a esse cometa.

Acontecimentos mais importantes associados à passagem do cometa:

12 AC → Alguns teólogos sugeriram que a passagem do cometa nesse ano poderá estar associada à chamada estrela de Belém, que aparece na Bíblia.

837 → Segundo alguns cientistas, esta foi a passagem em que o cometa esteve mais próximo da Terra (4 milhões de quilómetros).

1066 → A passagem do cometa foi considerada como um mau presságio em Inglaterra. No final desse ano, Haroldo II, último rei da monarquia anglo-saxónica, morreu na batalha de Hastings e a Inglaterra passou a ser dominada por Guilherme I, duque da Normandia.

1835 → O conhecido escritor americano Mark Twain nasceu duas semanas depois da passagem do cometa. Na sua biografia, Twain disse que “veio” com o cometa Halley em 1835 e que “iria” com ele na sua próxima passagem, em 1910. Twain morreu nesse mesmo ano e no dia seguinte à altura em que o cometa esteve mais próximo da Terra.

1910 → Foram tiradas as primeiras fotografias ao cometa. Nessa passagem, a comunicação social da altura lançou o pânico geral, ao dizer que a passagem do cometa traria consigo uma grande quantidade de (CN)2, um gás mortal da família dos cianetos. Os astrónomos insistiram que não existiam quaisquer riscos e de facto não aconteceu nada.

1986 → A última passagem do cometa pela Terra foi a menos espectacular de todas. A sonda Giotto passou pelo cometa e tirou-lhe fotografias.

A próxima passagem do cometa deverá ocorrer em Julho de 2061.

7 comentários:

  1. Que droga eu devia ter nascido 10 anos antes.

    ResponderEliminar
  2. o cometa Halley passara novamente pela Terra?
    eu gostaria de velo... meu nome é leonardo mathues

    ResponderEliminar
  3. O cometa vai passar no mes do meu niver?
    isso ja e um presente pra mim XD

    ResponderEliminar
  4. hoje (2017) tenho 35, a próxima passagem do cometa, estarei com 81 anos. Que pena porque não sei se estarei vivo para vê-lo.

    ResponderEliminar